O que a imprensa não quer saber sobre a escola


Danilo Gandin

Este livro fala sobre aqueles temas relativos à escola aos quais a mídia não dá atenção ou sobre os quais ela não quer falar. Alguns assuntos são acolhidos com entusiasmo, outros são relegados ou aproveitados apenas em sua dimensão sensacionalista e esta escolha é feita pela ideologia do órgão midiático determinado. Quando se trata de ideias a respeito de educação – isto vale, provavelmente, para outros campos do fazer humano – a escolha de publicar ou não leva em conta também a pessoa ou o grupo que está interessado na difusão de tais ideias.

Isto não é estranho, mas natural. Este livro apenas quer dizer que, embora a mídia se diga “formadora de opinião”, ela apenas reproduz a opinião de setores da sociedade e, às vezes, até de pessoas ou de pequenos grupos. De fato, a mídia, seja ela de qualquer tipo, não foge à regra geral de que instituições reproduzem hierarquia de valores da sociedade na qual estão inseridas. Mesmo que se digam democráticos, os meios de comunicação, como as escolas, só o serão – ainda assim parcialmente – com esforço especial e com planejamento adequado.

O livro quer contribuir para que a reflexão sobre os temas fundamentais da escola se alargue e se aprofunde. Para isto contribui chamando a atenção sobre o imprescindível, o fundamental e o importante destes temas.

Comente!